André Protasio

Diretor musical, arranjador, cantor e violonista

Mestre em Musicologia pela UNIRIO, é formado em regência coral pelos Seminários de Música Pro Arte. Realizou workshops com os maestros Erik Westberg (Suécia), Jon Washburn (Canadá) e André Thomas (EUA) e cursos de arranjo com Vicente Ribeiro e Ian Guest. Atuou como palestrante em Congressos de Música Vocal (Rio a Capella e APARC). No teatro, como preparador vocal, diretor musical ou arranjador, trabalhou com Marcio Vianna, Miguel Fallabela e Augusto T. Vannucci. É um dos cantores/arranjadores do premiado sexteto BR6. Assina a direção musical do quinteto “Mulheres de Hollanda”. Leciona Design Sonoro na Escola de Arte e Tecnologia Oi Kabum, na Graduação e Pós-graduação em Design do SENAC.

Flavio Mendes

Arranjador, cantor e violonista

É diretor musical, arranjador, produtor musical e multi-instrumentista. Assinou a direção musical de espetáculos e a produção musical de CDs de artistas como Bibi Ferreira, Danilo Caymmi, Alice Caymmi, Zezé Motta, Marília Pêra, Leny Andrade, Monique Kessos, Clara Moreno, entre outros. Regeu espetáculos com coro e orquestra no Brasil e exterior. Gravou como instrumentista diversos discos de artistas como Roberto Menescal, Oswaldo Montenegro, Danilo Caymmi, Leny Andrade, Leo Gandelman, Wanda Sá, Tânia Alves, Joyce, Clara Sandroni, Lucho Gatica, Maria Creuza, Bossacucanova, entre outros. Fez shows pelo Brasil e diversos países. Com André Protásio, assina a produção musical dos CDs do Equale.

Dalton Coelho

Arranjador, cantor e violonista

Tenor dos grupos vocais Equale e Dá o Tom, Dalton Coelho é também arranjador, regente coral, guitarrista e violonista. Licenciado em música pela UNIRIO, estudou regência coral com Carlos Alberto Figueiredo e Julio Moretzohn, composição com Ian Guest e Antônio Guerreiro. Cursou arranjo com Roberto Gnatalli e Carlos Almada além de técnica vocal com Sérgio Sansão, Deco Fiori dentre outros. Responsável pela direção musical e preparação vocal do grupo vocal Dá o Tom e também professor de harmonia, percepção e canto coral da escola CIGAM no RJ.

Ana Calvente

Produtora e cantora

É fonoaudióloga especialista em voz com mestrado em Artes Cênicas pela UNIRIO. É integrante do Grupo Equale desde 1995 com o qual gravou os CDs Equale no Expresso Gil (2000) e Um Gosto de Sol (2004) e realizou apresentações em São Paulo, Rio de Janeiro e Minas Gerais. Com o grupo participou ainda do XIX Festival Internacional de Cant Catalunya Centre (Espanha); Festival de Inverno de São João Del Rei; IX Festival de Ibiporã; Projeto A Era dos Festivais no Centro Cultural Banco do Brasil, no Rio de Janeiro e São Paulo. Participou dos CDs de artistas como:  Pagode Jazz Sardinhas Club, Zé Paulo Becker, Clara Sandroni, Oswaldo G. Pereira, e do DVD “40 anos de Bossa” - Comemorativo de 40 anos de carreira de Roberto Menescal. Participou da Sinfonia inédita “O Operário em construção” de Radamés Gnatalli e Vinícius de Moraes, direção do maestro Henrique Cazes e do coro do espetáculo “Bibi canta Piaf” com Bibi Ferreira.

Letícia Dias

Produtora e cantora

Licenciada em música pela UNIRIO, é professora de canto popular pelo método Herz e monitora de voz do Coral do Sistema Firjan. Como cantora e vocalista, já atuou em grupos vocais, dublagens, CDs, jingles, shows e telenovelas, tendo trabalhado com Sérgio Saraceni, Alberto Rosemblit (Globo), Carlos Sandroni, Danilo Caymmi, Zezé Motta, Tânia Alves, Roberto Menescal, Milton Nascimento, Roberto Carlos, Zeca Baleiro, Zélia Duncan, Bibi Ferreira, entre outros. Participou do Coral de abertura do Rock in Rio 3, juntamente com a Orquestra Sinfônica Brasileira e do Tributo a Raul Seixas, em 2013. Em 2014, participou do Especial de Fim de Ano de Roberto Carlos (TV Globo) e foi vocalista no Concurso de Arranjos Vocais (CCBB/RJ). Integrante do Equale desde 1995, participou dos 2 CDs, entre outras gravações, do I Concurso Nacional de Corais (1º lugar) e II Festival Nacional Funarte de Canto Coral (2º lugar). Monitora de corais da equipe do maestro Edu Morelenbaum, trabalhou com as empresas com relevância nacional e internacional como Ipiranga, Firjan, Vale, Globo e Inmetro.

Murilo Sierra

Cantor

Com o Equale apresentou-se no Teatro Municipal de Niterói, Circo Voador, Fundição Progresso, Centro Cultural Banco do Brasil e Centro de Referência da Música Carioca. Participou do XIX Festival Internacional de Cant Catalunya Centre; Festival de Inverno de São João Del Rei; IX Festival de Ibiporã. Gravou os CDs: “Equale no Expresso Gil”l e “Um Gosto de Sol”. No Equale participou dos CDs  de José Paulo Becker, Clara Sandroni, Valéria Lobão e do DVD “40 anos de Bossa” em homenagem a Roberto Menescal. Cantou em corais sob regência de Julio Moretzsohn, Carlos Alberto Figueiredo, Sérgio Pires, Caio Sena e Paulo Malaguti. Atualmente atua no Grupo Quina, com direção de Augusto Ordine.

Pedro Sabino

Cantor

Cantor e instrumentista formado na Escola de Música Villa-Lobos. Já integrou diversos corais e grupos vocais dentre estes o coral do Centro Educacional de Niterói e os grupos vocais BeBossa e BeBossa Kids. Atualmente integra o Equale e a Companhia Dá no Coro–música e cena, trabalhando repertórios voltados à Música Popular Brasileira. Participou dos Festivais Jazz a La calle – Mercedes, Uruguai (Jan/14); Choralies – Festival Internacional du Chant Coral – Vaison-la-Romaine, França (Ago/13); Pollyfolia – Festival Mondial des choeurs et ensembles vocaux – Saint-Lô, França (Out/12); Festival Cantapueblo; Festivais RioAcappella de música vocal; Festival Choralp, na cidade de Briançon, França.

Débora Braga

Cantora

Graduada e mestre em música pela Unirio. Cantou nos Corais do Colégio Zaccaria, no  São Vicente a Cappella, Cinco a Seco e Candimba tendo se apresentado em diversas cidades brasileiras e em festivais corais, como o RioAcappella e Brasil Vocal CCBB como parte do grupo intérprete dos arranjos finalistas. Como trombonista, participou da Marista Brass Band e da Orquestra Furiosa Portátil, da Escola Portátil de Música. Atua como educadora musical desde 2005, além de musicalização infantil, também leciona Teoria e Percepção na Escola de Música da Faetec (Unidade Marechal Hermes) e no curso de Licenciatura em Música do IBEC (Instituto Brasileiro de Educação Superior Continuada).

Leandro Vasques

Cantor e baixista

É baixista e cantor. Tocou com Mart’nália, Arranco de Varsóvia, Tunico Ferreira, Elisa Addor, Betty Faria, Empolga as 9, Tânia Alves, Coral Sinfônico do Rio de Janeiro, Roberta Miranda, Fábio Ventura entre outros. Atualmente se apresenta com Matheus Von Kruger, Grupo Toque de Arte, Quarteto Vixe e Tiago Abravanel. Tocou em espetáculos musicais como “Os Saltimbancos”, “Carmen o It Brasileiro” e “Eu Te Amo Mesmo Assim”, “Tim Maia 'Vale Tudo', o Musical”, “Rock in Rio, o Musical”, “1958, A Bossa do Mundo é Nossa”, “Se Eu Fosse Você, o Musical”. Fundador dos grupos Cinco a Seco e São Vicente A Capella, foi monitor dos corais das empresas Fiocruz, FINEP, Vale, PROJAC, Inmetro e Ipiranga.

Muiza Adnet

Cantora

Graduada em Licenciatura em Música pela UNIRIO, a cantora carioca Muiza Adnet vem de uma família de músicos. Entre 1991 e 1992, integrou a Banda Nova de Antônio Carlos Jobim. Em 2002, foi uma das solistas do CD e DVD “Jobim Sinfônico”. Em 2007, lança seu primeiro CD, “As Canções de Moacir Santos”, com participação do próprio Maestro. No mesmo ano, participa como vocalista do DVD Acústico MTV de Paulinho da Viola e da turnê nacional do mesmo. Em 2010, participa do 48º Festival Villa-Lobos apresentando o show “O Sabiá e o Uirapuru – Jobim Saúda Villa-lobos, interpretando canções de Villa-Lobos e Tom Jobim. Em 2012, se apresenta no Sarau Repsol Sipnopec relançando seu CD “As Canções de Moacir Santos; Ainda em 2012, é uma das solistas do CD “Um Olhar Sobre Villa-Lobos” de Mario Adnet e do Concerto do mesmo no Auditório Ibirapuera, com a OSESP. Desde 2005 atua como professora de canto popular.

Tom Andrade

Cantor

Cantor e percussionista, começou na música com o coro São Vicente a Cappella (2012-2015), sob a regência de Patrícia Costa, com o qual participou de festivais, como o Brasil Vocal e o Festival Cantapueblo (Mendoza-ARG 2013). É integrante do grupo Subversos, premiado no festival Brasil Vocal CCBB 2014. Em 2016, com o Subversos, foi semifinalista do quadro “A Cappella”, da TV Globo. Em sua trajetória, se apresentou com diversos grupos vocais cariocas, como Scandallo, Zai e Zanzibar. Atualmente, desenvolve projeto autoral, cursa licenciatura em música pela UNIRIO e Escola Portátil de Música.

Will Hester

Cantor

William Hester começou a cantar em 2011 no Coro Juvenil São Vicente A Cappella, onde teve sua primeira experiência com a música vocal e participou do festival de canto coral "Cantapueblo" de 2013 em Mendoza, na Argentina. Durante os anos de 2014 e 2015 cantou no grupo vocal Zai e foi cantor e assistente de direção do Beatles Choir, da Igreja Britânica do Rio de Janeiro. Já trabalhou como monitor de naipe no coral do Instituto Vital Brasil e teve uma de suas composições, “Luarê”, apresentada e interpretada na Mostra de Dança Angel Vianna 2015. Desde 2013 é cantor do grupo vocal Subversos, ano de nascimento do grupo que, em 2016, participou do quadro "A Cappella" do programa Domingão do Faustão, onde terminaram na 4ª colocação geral concorrendo com grupos de todo o Brasil. Em 2015 entrou para o grupo vocal Equale, realizando um sonho antigo e já tendo o privilégio de poder fazer seus primeiros shows junto ao grupo que sempre lhe foi referência na música vocal. 

Alice Sales

Cantora

A cantora Alice Sales iniciou sua trajetória cantando em corais e grupos vocais. Participou de festivais, concursos e shows pelo país, desde os 16 anos de idade, tendo gravado também CDs e DVDs. Apresentou-se em palcos importantes como Sala Cecilia Meireles, Sala Baden Powell, Teatro Rival, Clube do Choro/SP, Teatro Amazonas, dentre outros. Em 2017 foi finalista do 1º Festival de Música do Teatro Ziembinski, tendo sido 2ª melhor intérprete e defendido a canção campeã no quesito "melhor canção original". É advogada, formada pela UFRJ, pós-graduada em Direito do Entretenimento, pela UERJ e pós-graduada em Musicoterapia, pelo Conservatório Brasileiro de Música. Desde o início de 2017 está em cartaz com o espetáculo "A estrela Dalva", em homenagem à Dalva de Oliveira, pelo seu centenário. Com Luiz Flavio Alcofra e Jayme Vignoli forma o trio que já se apresentou no Centro da Música Carioca Artur da Távola, Teatro Serrador, Beco das Garrafas, Memorial Municipal Getúlio Vargas e Casa do Choro.

Taiana Machado

Cantora

Taiana Machado é professora, cantora, e escritora. Licenciada em música pela UNIRIO, mestre em Educação pela UFRJ e professora de canto popular do Método Herz (da professora Ângela Herz), entrou no Equale em 2018. 

Como diretora musical, atuou no grupo vocal feminino SobreSalto, em participações nas Noites de Parangolé (Teatro de Anônimos - 2009) e na montagem do espetáculo Rosas de Noel (2011). Como preparadora vocal, participou do espetáculo Ao Vento (2012), dirigido por Beth Martins, da companhia Intrépida Trupe, fez a preparação vocal e integrou os grupos Baque Coletivo dirigido por Felipe Reznik e Mateus Xavier e Bloco d’O Passo, dirigido por Lucas Ciavatta. Entre 2007 e 2011 também foi preparadora vocal e integrante do grupo A Lira dos Gigantes, descendente do bloco carnavalesco infantil Gigantes da Lira. Como cantora, estreou o espetáculo autoral Um Monólogo (2017 e 2018).

Sobre o que é este item? O que há de interessante nele? Escreva uma descrição cativante para chamar a atenção do seu público...

1 / 1

Please reload

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now